AGROTÓXICOS - COMO USAR CORRETAMENTE E COM SEGURANÇA - Informativo EMATER

29/05/2016 21:22

AGROTÓXICOS - COMO USAR CORRETAMENTE E COM SEGURANÇA
Agrotóxicos - como usar corretamente e com

Nome segurança
Produto Informação Tecnológica
Abril-1999 Data
Meio Ambiente
Linha
Informações gerais sobre o
Resenha
uso correto de Agrotóxicos
Sérgio Pereira de Carvalho
Autor(es)
– Eng. Agr.

1 - Introdução
Insetos, doenças e ervas daninhas precisam ser combatidos, para que as lavouras produzam satisfatoriamente. Um dos recursos para fazer esse combate é o uso de agrotóxicos. Todavia, o uso incorreto dos agrotóxicos acarreta sérios prejuízos: resíduos venenosos, que contaminam o solo e as águas; intoxicações dos aplicadores; alimentos contaminados que intoxicam os consumidores. Para que isso não aconteça, os agrotóxicos precisam ser usados com critério e responsabilidade.

2 - Leia com atenção as seguintes instruções
Antes de tudo, procure obter o máximo de informações sobre agrotóxicos, equipamentos de proteção e formas alternativas para controle de pragas, doenças e plantas invasoras (ervas daninhas) Identificar a praga, a doença ou a planta invasora a ser controlada. Em caso de duvida, procurar a orientação de um técnico conhecedor do assunto.

Aplicações preventivas e intempestivas de inseticidas geralmente resultam em desperdícios, encarecem o custo de produção e podem provocar desequilíbrio no meio ambiente. Os inseticidas devem ser aplicados após a aparecimento das pragas, e quando a intensidade do ataque passar a ser prejudicial. Ler cuidadosamente as instruções contidas nos rótulos ou nas bulas, respeitando-se rigorosamente as dosagens recomendadas, os intervalos entre os tratamentos, a compatibilidade entre os defensivos, a época de aplicação, o período de carência e a maneira correta de aplicar.
Evitar a mistura de agrotóxicos, que poderá prejudicar as plantas, o aplicador e o consumidor. Somente o faça quando houver orientação e recomendação de um técnico ou do fabricante. Não usar agrotóxicos nas culturas que não constem do rotulo ou os que não estejam registrados para uso no Estado de Minas Gerais.
Usar sempre equipamento de proteção ( EPI ), de acordo com a toxidez do produto, com o tipo de formulação, com a forma de aplicação e com a indicação do fabricante. O EPI completo é constituído por luvas impermeáveis ( de nitrila ), botas impermeáveis ( de PVC ), macacão ( em Tyvek QC ) com mangas compridas e capuz, respirador ( máscara protetora ) e óculos ou visor. Nunca preparar caldas de agrotóxicos diretamente com as mãos. Usar uma pá de madeira para mexer a calda. Não fumar, não beber e não comer durante as aplicações de agrotóxicos, manuseio e preparo de caldas. Não pulverizar ou polvilhar contra o vento. Fazer as aplicações, preferencialmente, no período da manhã e final da tarde, para maior segurança do aplicador, maior aproveitamento dos agrotóxicos e para preservar os insetos benéficos, tais como, inimigos naturais das pragas e insetos polarizadores, como a abelha, por exemplo. Lavar bem as mãos e o rosto com água fria e sabão, antes das refeições.Usar somente os equipamentos de aplicação que estejam em bom estado de conservação, evitando aqueles que apresentarem vazamentos. Nunca reutilizar as embalagens vazias dos agrotóxicos para armazenar alimentos ou para outros fins. Recolher as embalagens vazias, lavá-las três vezes e depositá-las em fosso seco, aberto no chão e protegido  por cerca de tela ou outro material da própria fazenda ou destiná-Ias a usina de reciclagem. Guardar os agrotóxicos em local bem seguro, longe do  alcance de crianças e animais domésticos. Não guardá-los junto de alimentos e rações para animais. Não jogar os restos de pulverização e lavagem dos tanques dos equipamentos de aplicação nos córregos ou rios. Esses devem ser colocados em uma vala construída em local próprio, juntamente com calcário ou cal virgem ou ainda no fosso seco. Após as aplicações, tomar banho com água fria e sabão, trocar de roupa. Evitar a entrada de pessoas e animais nas áreas tratadas com agrotóxicos, por um dia pelo menos. Agrotóxicos não devem ser aplicados por idosos, crianças, mulheres grávidas ou pessoas com deficiência de saúde. Produtores rurais, aplicadores e manuseadares que não tiverem respaldo técnico serão responsabilizados pelos danos causados e conseqüências do uso de agrotóxicos, conforme legislação vigente. Caso apareçam sintomas de intoxicação, durante ou após a aplicação, chame um médico ou leve o intoxicado imediatamente ao hospital, juntamente com o rotulo da embalagem ou a bula do agrotóxico usado, para orientar e facilitar o diagnostico do medico.

3 - Primeiros socorros
Não dê nada de beber a uma pessoa inconsciente ou que apresente sintomas de intoxicação. Quando ocorrer inalação ou aspiração do agrotóxico, leve a pessos a um local arejado. Caso o agrotóxico entre em contato com a pele, lave o local com água corrente e sabão. Quando houver contato com os olhos, lavar imediatamente com água corrente ou com soro fisiológico. Observação: Os procedimentos acima não dispensam o atendimento medico, caso os sintomas de intoxicação se manifestem.

—————

Voltar